FANDOM


Ken Kaneki (金木 研, Kaneki Ken) É o principal protagonista de Tokyo Ghoul e Tokyo Ghoul:re, marido de Touka Kirishima e pai de Ichika Kaneki. Anteriormente, ele era um estudante de literatura japonesa na Universidade Kamii. Sua vida mudou depois de uma reunião com Ghoul que depois de um incidente teve sua Kakuhou transplantada o fazendo se tornar um meio Ghoul. Depois de uma série de acontecimentos, ele decide se juntar a Anteiku como garçom em tempo parcial, enquanto tentando viver uma vida como um ser humano. Ele é nomeado pela CCG como Patch (眼帯, Gantai, Tapa-Olho)

Depois de ser capturado pela Árvore Aogiri, ele foi capaz de aceitar seu lado ghoul, formando o Grupo Kaneki, a fim de proteger os bens mais preciosos para ele e "roubar" as pessoas que ameaçam o lugar a que pertence. Devido à aparência diferente do seu Kakuja, CCG deu-lhe o apelido de Centipede (百足, Mukade, Centópeia)

Ao ser derrotado pelo Arima Kishou, ele foi capturado pela CCG onde sofreu várias torturas pscólogicas e acabou perdendo a memoria e começou a viver sobre a identidade de Haise Sasaki (佐々木 琲世, Sasaki Haise) como mentor do Esquadrão Quinx (Esquadrão de humanos que tem poderes de Ghouls). Percebe-se que Haise Sasaki é atordoado por Kaneki Ken mentalmente, Haise Sasaki tenta se controlar para continuar sendo humano. (Informações do anime Tokyo Ghoul:RE)

Durante a batalha contra a Familia Tsukiyama ele acabou aceitando novamente seu lado Ghoul assim recuperando a memoria e voltando a ser Kaneki Ken, e atualmente ele está enfrentando o Arima para proteger seus antigos companheiros e salvar Hinami que estava presa. Atualmente ele é conhecido como Black Reaper (黒の死神, Kuro Shinigami, Ceifeiro Negro)

Aparência

Como uma criança, Kaneki tinha as mesmas características que ele tem agora como um adulto cabelo preto. Como um estudante universitário normal, Kaneki era um jovem magro, com pouco ou nenhum fundo atlético que preferia ler livros. Em seu tempo livre, ele usava roupas casuais.


No trabalho, ele usava o uniforme padrão da Anteiku, que consiste em calças pretas e um colete cinza sobre uma camisa branca e uma gravata marrom. Por ele não poder controlar adequadamente o seu único Kakugan que se manifestava em seu olho esquerdo, ele usava um tapa-olho médico para cobri-lo.

Screenshot 120

Kaneki depois da cirurgia, trabalhando no Anteiku.

Sua máscara de Ghoul é uma máscara de couro com um tapa olho tampando seu olho direito que tem uma boca sem lábios mostrando seus dentes rangendo muito parecido com uma besta feroz. Os parafusos em seu pescoço é para mostrar que ele é um Ghoul Artificial dando referência a Frankenstein.

Depois de ser torturado por Yamori, sua aparência mudou drasticamente. Seu cabelo ficou completamente branco e suas unhas ficaram pretas. Ele começou a favorecer roupas monocromáticas, e usava uma roupa preta do formulário-encaixe com recortes quando vai para a batalha.

Screenshot 119

Kaneki após ser torturado por Yamori.

Alguns anos desde a adoção da identidade de Haise Sasaki, seu cabelo começou a desenvolver estrias negras que cresce por cima de seu cabelo branco. Ele usava o traje de negócios padrão de um investigador ghoul, ele veste uma camisa e uma calça pretas com risco de giz nelas e um casaco branco. Ele também usa um par de óculos redondos durante a leitura. Após os acontecimentos do leilão, seu cabelo começou lentamente a voltar à sua cor original com quase nenhum remanescente branco.

Screenshot 126

Kaneki como Haise Sasaki.

Após a Operação de Extermínio da Família Tsukiyama, sua aparência mudou drasticamente novamente. Seu cabelo foi completamente revertida para a sua cor preta original, e ele começou a usar os óculos em todos os momentos. Ele usa uma versão preta do uniforme do Esquadrão Arima que é uma camisa preta com calça preta e um longo, casaco preto. Em contraste, ele usa um par de luvas vermelhas que disfarçam sua mão direita coberta por escamas de répteis (Por causa dela estar se regenerando depois de ter sido decepada pela One Eye Owl - Eto).

Screenshot 122

Kaneki (ou Haise) como Black Reaper.

13245365 188369058224396 4021889855202891540 n

Kaneki na segunda luta contra Arima

Em sua segunda batalha com Arima, Kaneki veste uma roupa preta colada debaixo de seu uniforme. Seu cabelo mudou novamente de cor e voltou a ser todo branco após uma alucinação que ele teve com Hide. Ele também substituiu seus braços e pernas decepados por sua Kagune e tem tipo umas duas asas atrás. Antes ele tinha uma máscara também porem ela foi e tinha mais duas bocas criadas a partir de sua Kagune (Provavelmente esse é seu novo modo Kakuja e por ele não ter perdido o controle essa Kakuja deve ser completa) e ele é o unico com variedades de Kagune.

Personalidade

Pre-Aogiri

Kaneki era uma pessoa tímida e reservada, com Hide sendo seu único amigo próximo. Ele geralmente passava a maior parte do tempo lendo livros, principalmente romances. Ele era extremamente gentil e parecia otimista a maior parte do tempo. Influenciado por sua mãe, ele prefere apanhar, ser ferido do que ferir as pessoas.

No entanto, abaixo de sua natureza altruísta e gentil, havia um medo subjacente de ficar sozinho, que foi agravado pela morte de sua mãe. Ele desprezava a ideia de solidão; daí ele tentou proteger aqueles queridos para que ele não tivesse que enfrentar seu medo de estar sozinho no mundo.

Esta foi talvez sua maior fraqueza. Como Kaneki estava sempre tentando proteger os outros, ele estava essencialmente tentando se proteger de nunca mais ficar sozinho. Portanto, para escapar desse cenário, ele assumiria a tarefa de proteger os outros contra si mesmo, sem depender de mais ninguém. Foi também por isso que Kaneki rejeitou a idéia de "viver", porque assistir os outros morrer lembrou-o daqueles dias solitários sem ninguém ao lado dele.

Depois que ele se transformou em um meio ghoul, ele se agarrou ao seu lado humano. Para continuar vivendo no mundo humano, ele começou a trabalhar em Anteiku e estabeleceu relações com os ghouls lá. Ele começou a se interessar em se tornar mais forte e começou a ler livros de artes marciais para poder proteger as pessoas mais próximas a ele. No entanto, ele ainda estava preocupado com o fato de que ele era um meio carniçal e queria procurar um lugar onde ele pudesse pertencer. Por mais que valorizasse sua vida, se pessoas próximas a ele fossem ameaçadas, ele não hesitaria em colocar sua vida em risco.

Post-Aogiri

Depois de ser mantido em cativeiro e submetido a intensa tortura pelas mãos de Yamori; A personalidade de Kaneki mudou drasticamente. Ele destruiu sua ideologia anterior de "se machucar em vez de ferir os outros", prometendo esmagar aqueles que ousassem ameaçar seu lugar de pertencimento. Ele adotou o hábito de estalar os dedos de seu torturador, Yamori. Em seu subconsciente, Kaneki comeu "Rize", a imagem do seu eu ghoul. Isso mostrou que ele aceitou o "ghoul" dentro dele. Em vez de ser influenciado por ele, ele parecia ter se tornado o único a superá-lo. Kaneki tornou-se implacável e brutal para proteger seus amigos, mas conseguiu manter a compostura completa. Ele não mais temia seu lado de ghoul e era mais violento durante as batalhas; como quando ele canibalizou o kagune de Yamori para se fortalecer e, sem piedade, quebrou 103 dos ossos de Ayato. Ao abraçar sua natureza carniçal de todo o coração, Kaneki desistiu de ser "humano".

Kaneki ainda era capaz de mostrar sua natureza gentil na frente de pessoas com quem ele se importava, mas imediatamente se tornou impiedoso contra seus inimigos. Ansiava por força e poder, tornando-se mais arrogante. Seu novo lema - que como "o forte" ele tinha o direito de "devorar os fracos" - era originalmente uma ideologia mantida por Yamori. Banjou assumiu que Kaneki desenvolveu alguma forma de instabilidade mental durante sua tortura na 11ª ala , e que isso iria gradualmente desgastá-lo.

Sempre que estava quase morrendo de fome e perdendo o controle de seu kagune (ou meio kakuja), ele se comportava de uma maneira que imitava os outros, como Rize ou Yamori. Ele falava de maneira desorganizada e enlouquecida, implicando ainda mais sua instabilidade mental durante esses períodos.

Depois de invadir o laboratório de Kanou e atacar Banjou, Kaneki voltou para sua personalidade pré-aogiri. Ele entrou em um período de busca da alma. Ele queria recuperar seu lado "humano" perdido e ficou incerto sobre o caminho que tomara para se tornar mais forte. Ele começou a questionar e a buscar respostas de indivíduos como Uta, Yomo e Yoshimura para entender os incidentes que aconteceram ao seu redor desde que ele se transformou em um ghoul.

Leilão

Tokyo Ghoul:re

Após o o final de Tokyo Ghoul onde Kaneki é "morto" após enfrentar Arima, Tokyo Ghoul:re se inicia, com Kaneki com suas memórias apagadas após uma tortura por parte da CCG, agora ele era conhecido como Haise Sasaki, atuando come um investigador Ghoul.

Enquanto vivia sob sua nova identidade como Haise Sasaki, ele era um indivíduo autônomo e bem-humorado. Ele era leal, dedicado e possuía uma boa ética de trabalho. Sasaki era muito cooperativo, pois preferia trabalhar em grupo em vez de trabalhar sozinho. Ele também mostrou misericórdia, pois acreditava que um investigador não deveria aniquilar desnecessariamente os carniçais. Sasaki gostava de ler livros em seu tempo livre e tinha o hábito de usar trocadilhos, mostrado por sua conversa com Akira Mado no restaurante de curry. Ele tendia a arranhar a parte de trás de sua cabeça quando estava pensando ou se sentindo desconfortável. Ele ainda tinha seu antigo hábito de coçar ou esfregar o queixo sempre que estava escondendo alguma coisa ou mentindo de seus dias como Kaneki.

Ele mostrou respeito apropriado e grande preocupação por seus colegas, especialmente seus subordinados. Ele cumpriu as ordens atribuídas por seus superiores e os executou sem hesitação. No entanto, a natureza gentil de Sasaki muitas vezes levava seus subordinados a constantemente desobedecê-lo, tornando-o ineficaz no controle de suas ações; ele ficou preocupado com a segurança deles.

Ao lembrar de relance de antes de sua perda de memória, Sasaki rejeitou seu lado ghoul e estava com medo dele. Quando analisado por Arima após sua captura, Sasaki pareceu manter sua natureza introvertida e falta de assertividade como Kaneki, junto com seu anseio por uma figura maternal.

No entanto Sasaki ainda estava propenso a perder o controle, como mostrado quando ele lutou contra a Serpente, onde ele também quebrou os dedos durante a luta, um hábito que ele havia desenvolvido originalmente como Kaneki no passado. Donato notou que Sasaki estava curioso sobre suas memórias, mas também com medo delas, pois ele se preocupava que não pudesse mais manter sua vida atual no CCG, caso ele recuperasse suas memórias. Sasaki temia que confiar em seu lado carniçal faria com que ele desaparecesse. Depois de ser resgatado de Takizawa por Hinami, a perspectiva de Sasaki sobre sua natureza de ghoul mudou. Ele concluiu que o Kaneki do passado deve ter sido uma boa pessoa porque Hinami se importava muito com ele, mesmo que ele não se lembrasse. Ele finalmente aceitou esse lado ghoul para proteger Hinami e Saiko, com o risco de sua personalidade desaparecer.

Screenshot 127

Sasaki se "encontra" com seu outro eu, Kaneki.

Após o leilão, Sasaki foi mais amigável para o seu lado ghoul. No entanto, "Kaneki" disse que o relacionamento não poderia durar para sempre, já que eram dois seres lutando por um só corpo. Sasaki foi dito para "não apagá-lo", mas ouviu mal como "desaparecer". Ele então permaneceu em conflito sobre seu passado, procurando ativamente por informações sobre si mesmo.

Extermínio da Família Tsukiyama

Durante a Operação de Extermínio da Família Tsukiyama, Sasaki recordou uma lembrança de seu passado como Ken Kaneki, onde ele havia sido fisicamente abusado por sua mãe. Ele também percebeu que inconscientemente desejava morrer e ficara feliz em ver Arima durante a Operação Supressão da Coruja. No entanto, que falhou, então ele acreditava que enterrar seu passado era sua salvação, então ele escolheu esquecer e viver como Haise Sasaki. Ao perceber isso, Sasaki aceitou seu passado, resolvendo parar de "sonhar".

Depois de recuperar suas memórias, em nítido contraste com sua personalidade anteriormente gentil, Sasaki ficou mais frio e muito mais violento. Ele lutou com uma força mais brutal e estava disposto a colocar a vida de Tsukiyama em risco, apesar de já se lembrar de seu velho conhecido. Ele garantiu, no entanto, que Kanae iria resgatar Tsukiyama antes de jogar o ghoul do prédio. Ele mostrou sua natureza fria para Urie quando o último o culpou pela morte de Shirazu, dizendo calmamente que a culpa era dele, já que ele estava lutando ao lado de Shirazu. Ele então lamentou junto com Mutsuki e Saiko, mostrando que, apesar de seu comportamento frio, ele ainda se sentia triste com a morte de Shirazu.

35155842 2203359549704406 5432527742698520576 n

Haise Sasaki como Black Reaper.

Nisso, seu cabelo voltou a cor original, a cor preta, agora ele ficou conhecido como Black Reaper, ou Ceifador Negro, que tinha como características uma luva vermelha e um óculos, luvas para esconder sua mão que se regenerava, já que foi cortada pela Coruja Eto.

CONTINUAÇÃO EM BREVE...